• A sombra do pai
  • A sombra do pai
  • A sombra do pai
  • A sombra do pai
  • A sombra do pai

​Quando uma criança vira o “adulto da casa”, há uma inversão na ordem natural das coisas. A
infância se transforma em saga. E a paternidade em condenação. O filme conta a história de um pai e uma filha que não conseguem se comunicar. Órfã de mãe, 9 anos, Dalva vê o seu pai, o pedreiro Jorge, ser consumido pela tristeza após perder o melhor amigo. Dalva acredita ter poderes sobrenaturais e ser capaz de trazer a mãe de volta à vida.
À medida que Jorge se torna mais ausente – e
eventualmente perigoso –, resta a Dalva a esperança de que sim, sua mãe há de voltar.​

Gabriela Amaral Almeida

Gabriela Amaral Almeida

​Diretora, roteirista e dramaturga, realizou diversos curtas, dentre os quais se destacam Náufragos (2009), Uma primavera (2010), A mão que afaga (2012), Terno (2013) e Estátua (2014), selecionados e premiados em diversos festivais nacionais e internacionais. Foi roteirista do média-metragem A terra treme, de Walter Salles, em finalização. Seu primeiro longa, O animal cordial (2017), foi exibido na competição do Festival do Rio




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA