• Ak-nyeo
  • Ak-nyeo
  • Ak-nyeo
  • Ak-nyeo
  • Ak-nyeo

​Desde pequena, Sook-hee foi treinada para se tornar uma assassina sanguinária. Quando o chefe da Agência de Inteligência coreana se oferece para recrutá-la como agente secreta, Sook-hee recebe uma segunda chance: “Trabalhe para nós por dez anos e você será livre”. Sua nova identidade é como Chae Yeon-soo, uma atriz de teatro. Depois de servir seu país por uma década, ela dá início a uma nova vida, onde tem que lidar com tarefas corriqueiras do dia a dia. Até que dois homens aparecem de repente em sua vida, e ela descobrirá os segredos de seu passado. Festival de Cannes 2017.​

Jung Byoung-Gil

Jung Byoung-Gil

Nasceu em 1980, na Coreia do Sul. Tem extensa carreira como dublê de filmes de ação. Seu primeiro longa como diretor foi o documentário Action Boys (2006). Ficou conhecido mundialmente com seu primeiro longa de ficção, o policial Confissão de assassinato (2012), vencedor o prêmio de melhor thriller no Festival de Cinema Fantástico de Bruxelas.

 

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA