• Bio
  • Bio
  • Bio
  • Bio
  • Bio

​A história de um homem que nasce em 1959 e morre em 2070, contada por pessoas que o conheceram e influenciaram a sua trajetória. Estes relatos reconstroem, em forma de mosaico, os momentos decisivos de sua vida. A imagem deste homem, o personagem principal do filme, em nenhum momento é mostrada. Através de 39 depoimentos de pessoas diferentes, o espectador irá conhecê-lo profundamente. Com uma estrutura de falso documentário, o filme propõe um jogo que exige grande potencial de interpretação e de imaginação do público.​

Carlos Gerbase
Carlos Gerbase

Carlos Gerbase

Nasceu em Porto Alegre, em 1959. Já dirigiu e escreveu 18 filmes, dentre os quais destacam-se Inverno (1983), melhor super-8 no Festival de Gramado, Verdes anos (1984), Deus Ex-Machina (1995), prêmio especial do júri no Festival de Clermont-Ferrant, Tolerância (2000), melhor filme pelo júri popular no Festival de Havana, Sal de prata (2005), 3 efes (2007) e Menos que nada (2012).

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA