• Difret
  • Difret
  • Difret
  • Difret

Em Adis Abeba, a jovem advogada Meaza Ashenafi estabeleceu uma rede de representação jurídica gratuita às mulheres e crianças pobres da Etiópia. Corajosamente, ela enfrenta todo tipo de preconceito e assédio. No entanto, Meaza assume seu maior desafio ao tratar do caso de Hirut, uma menina de 14 anos sequestrada e estuprada ao voltar da escola. Para escapar, a menina rouba uma arma e atira em um de seus algozes. Graças à tradição de Telefa (casamento por rapto), Hirut é agora acusada de assassinato, embora estivesse agindo em legitima defesa. Prêmio do público em Berlim e Sundance 2014.

Zeresenay Berhane Mehari

Nasceu na Etiópia e trabalha na indústria cinematográfica há mais de uma década. É formado pela School of Cinematic Arts, da University of Southern California. Em 2008, dirigiu o curta-metragem Coda e coproduziu Africa Unite, exibido no Festival do Rio e de Roterdã do mesmo ano. Fundou Haile Addis Pictures para produzir Difret, seu primeiro longa-metragem de ficção.