• El Compadre Mendoza
  • El Compadre Mendoza

Em plena Revolução Mexicana, o latifundiário Mendoza consegue se dar bem com ambos os lados, tanto com os partidários do governo de Huerta quanto com os revolucionários de Zapata. De acordo com as preferências políticas de cada um, organiza festas para seus visitantes e decora o ambiente com retratos de Huerta e de Zapata. Mas com o passar do tempo, a situação se torna insustentável e Mendoza agora terá de escolher um lado. Com o apoio financeiro do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH), a restauração deste filme foi feita para obter cópias em 35 mm e versões digitais.

Fernando de Fuentes

Nasceu em 1894 em Veracruz, México, e estudou filosofia nos EUA. Ao retornar a seu país, foi assistente de Venustiano Carranza durante a Revolução Mexicana. Foi diretor, produtor e roteirista, assinando mais de 30 filmes. Sua trilogida sobre a revolução é conhecida como sua obra-prima, formada por El prisionero trece (1933), O compadre Mendoza (1934) e Vamos con Pancho Villa! (1935). Faleceu em 1958 na Cidade do México.