• Hilda
  • Hilda
  • Hilda

​Susana Le Marchand, uma dona de casa solitária e ignorada pelo marido rico, está à procura de uma nova empregada. Seu ex-jardineiro dá para Susana um presente de sua esposa, Hilda. Comovida com o gesto do empregado, a madame decide contratar a moça. Em meio à frivolidade do dia a dia do lar burguês, Hilda encontra uma velha coleção de livros marxistas da patroa. Esse pequeno tesouro leva Su­sa­na a se reconectar com sua juventude militante e esquerdista, e a encarar o vazio de sua vida atual. Ao lado da nova empregada, ela planeja uma re­vo­lu­ção.​

Andrés Clariond Rangel

Andrés Clariond Rangel

​Nasceu em 1977, em Monterrei, México. Estudou direito e se especializou em cinema na Universidade de Monterrei. Em 2010 concluiu seu mestrado em direção cinematográfica na Universidade Columbia, em Nova York. Dirigiu curtas como Tentaciones (1999), Quimeras (2001), Por um matrimonio feliz (2003), Parejos (2005) e Peoria (2010). Este é seu primeiro longa-metragem. ​

 

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA