• Keul-le-eo-ui ka-me-la
  • Keul-le-eo-ui ka-me-la
  • Keul-le-eo-ui ka-me-la
  • Keul-le-eo-ui ka-me-la
  • Keul-le-eo-ui ka-me-la

​Durante uma viagem de negócios ao Festival de Cannes, Manhee é demitida, enquanto a professora Claire caminha pela cidade tirando fotos com sua câmera Polaroid. As duas se conhecem e logo ficam amigas. Claire consegue tanto desvendar o passado quanto prever um possível futuro para Manhee, com a ajuda de um misterioso túnel na praia. Através de seu hábito de tirar fotos, Claire também adquiriu a habilidade de olhar lentamente para as coisas, e até de transformar objetos. Agora, Claire vai com Manhee ao café onde ela foi demitida. De Hong Sang-soo, com Isabelle Hupert. Cannes 2017.​

Hong Sang-soo

Hong Sang-soo

Nasceu em ​1961, Seul, Coreia do Sul. Dirigiu filmes como A mulher é o futuro do homem (Cannes 2004), Noite e dia (Berlim 2008), Ha ha ha (melhor filme na mostra Um Certo Olhar, Cannes 2010), O dia em que ele chegar (Cannes 2011), A visitante francesa (Cannes 2012), Nossa Sunhi (melhor diretor em Locarno 2013), Montanha da liberdade (Veneza 2014), Certo agora, errado antes (melhor filme e ator em Locarno 2015) e The Day After (Cannes 2017).