• Maman Colonelle
  • Maman Colonelle
  • Maman Colonelle
  • Maman Colonelle
  • Maman Colonelle

​Coronel Honorine, mais conhecida como “Mamãe Coronel”, trabalha para a polícia da República do Congo, à frente da unidade de proteção a menores e combate à violência sexual. Depois de trabalhar por 15 anos em Bukavu, leste do país, ela acaba de saber que foi transferida para Kisangani, onde terá que enfrentar novos desafios. Através do retrato desta mulher corajosa e obstinada, sempre em luta para que a justiça seja feita, o filme discute assuntos como a violência contra mulheres e crianças e a dificuldade de superação das guerras do passado. Exibido na mostra Fórum do Festival de Berlim 2017.​

Dieudo Hamadi

Dieudo Hamadi

Nasceu em 1984, em Kisangani, República do Congo. Estudou medicina na Universidade de Kisangani e posteriormente frequentou cursos de documentário. Dirigiu curtas como Zero Tolerance (2009) e Ladies in Waiting (2009). Em 2013, fez seu primeiro longa, Atalaku, seguido no ano seguinte por Examen d'état. Ambos os filmes foram exibidos em festivais internacionais, como o Cinéma du Réel.