• Memorias del subdesarrollo
  • Memorias del subdesarrollo
  • Memorias del subdesarrollo
  • Memorias del subdesarrollo
  • Memorias del subdesarrollo

Em 1962, logo após a Revolução de Fidel Castro em Cuba, Sérgio, um homem de 38 anos, de classe média alta, vê sua mulher e seus amigos fugirem da ilha e do comunismo. Ele não quer partir, não porque seja um revolucionário, mas por curiosidade em saber o que vai acontecer. Enquanto o regime avança, ele perambula pelas ruas de Havana e observa seus conterrâneos. Obra-prima do mestre Tomás Gutiérrez Alea, o filme é considerado um dos mais importantes do cinema latino-americano e o principal registro do cinema cubano sobre sua revolução socialista. Exibição em cópia restaurada.

Tomás Gutiérrez Alea

Nasceu em Havana, em 1928, e é o mais importante realizador cubano do século XX. Estudou direito em Cuba e cinema em Roma. É diretor de filmes como Historias de la revolución (1960), A morte de um burocrata (1966), A última ceia (1976), Morango e chocolate (prêmio especial do júri e Teddy em Berlim 1994, melhor filme em Gramado e menção honrosa em Sundance) e Guantanamera (premiado em Gramado e Sundance 1996). Morreu em Havana em 1996.

 

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA