• Rasga coração
  • Rasga coração
  • Rasga coração
  • Rasga coração
  • Rasga coração

​Na adaptação da peça homônima de Oduvaldo Vianna Filho (1936-1974), Manguari Pistolão, após quarenta anos de militância anônima, vê o filho Luca acusá-lo de ser conservador e anacrônico. Às voltas ainda com o orçamento apertado e uma incômoda artrite, ele se vê repetindo as atitudes do próprio pai. Na relação com o filho, o filme concentra a história de um país partido.​

Jorge Furtado
Jorge Furtado

Jorge Furtado

​Diretor e roteirista, é um dos sócios-fundadores da Casa de Cinema de Porto Alegre. Tem no currículo obras conhecidas como o curta Ilha das flores (1989), além dos longas O homem que copiava (2003) e Meu tio matou um cara (2004). Na TV Globo dirigiu, entre outras produções, Doce de mãe, vencedor de dois prêmios Emmy.​

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA