• Rindo à toa: humor sem limites
  • Rindo à toa: humor sem limites
  • Rindo à toa: humor sem limites

​O filme retrata o período em que o humor nacional teve menos limites (1986-2003). Da descompressão do fim da censura militar até a quase inexistência do “politicamente correto” que a internet amadureceria nos anos 2000, uma nova geração de artistas, como Laerte, Marcelo Tas, Pedro Cardoso, Premê, Cláudio Paiva, Bussunda e outros explode criando novas
linguagens de TV, teatro, música e humor gráfico,
revolucionando e obtendo prazer em chocar. Um filme fundamental para pensar os limites do humor de hoje.​

Cláudio Manoel, Alvaro Campos, Alê Braga
Cláudio Manoel, Alvaro Campos, Alê Braga
Cláudio Manoel, Alvaro Campos, Alê Braga

Cláudio Manoel, Alvaro Campos, Alê Braga

​Cláudio Manoel é cofundador de programas como Casseta & Planeta e TV Pirata. Dirigiu Simonal – Ninguém sabe o duro que dei (2009), eleito o melhor documentário no Prêmio de Cinema Brasileiro. Alvaro Campos escreve para HQ, teatro, TV e cinema e teve filmes premiados no Brasil, França, Bélgica e Espanha. Escreveu e dirigiu Altas expectativas (2017). Alê Braga é diretor, roteirista, publicitário. Dirigiu Mama Africa (2010).​




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA