• Se rokh
  • Se rokh
  • Se rokh
  • Se rokh
  • Se rokh

​Nos papéis de si mesmos, o diretor Jafar Panahi e a popular atriz iraniana Behnaz Jafari viajam de carro até uma região rural no Irã, na tentativa de socorrer uma jovem proibida, pela família e por autoridades locais, de estudar em um conservatório de teatro na capital Teerã. Os dois não demoram a descobrir que a hospitalidade local pode ser ameaçada pela vontade de proteger antigas tradições. A atitude dos habitantes locais no filme é consistente com o que ainda acontece na região. Prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes 2018. ​

Jafar Panahi
Jafar Panahi

Jafar Panahi

​Diretor, roteirista e montador iraniano, trabalhou como assistente de Abbas Kiarostami. Já em seu primeiro longa, O balão branco (1995), premiado no Festival de Cannes, conquistou reconhecimento internacional. Desde 2010, vive sentenciado a 20 anos de reclusão doméstica em seu próprio país, por determinação do governo iraniano. ​

 

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA