• Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi

​Alessandro é um problemático rapaz de 22 anos; Giorgio é um esquecido poeta de 85 anos. Eles vivem no bairro do Trastevere, em Roma, a apenas alguns quarteirões um do outro, mas nunca se encontraram. Até que Alessandro aceita um trabalho voluntário como cuidador, e passa a acompanhar o velho senhor em suas caminhadas vespertinas. À medida que os dias passam, voltam à tona memórias difusas do passado do poeta. Seguindo as pistas como em uma caça ao tesouro, Alessandro e Giorgio assumem uma jornada em busca de lembranças esquecidas – e da beleza dentro de seus próprios corações.​

Francesco Bruni

Francesco Bruni

Nasceu em Roma, em 1961. Estreou como roteirista em 1991, com Condominio. Desenvolveu uma longa parceria com o diretor Paolo Virzì, para quem escreveu 11 filmes, incluindo La bella vita (1994), Ferie d'agosto (1996), Caterina va in città (2003), A primeira coisa bela (2010) e Capital humano (2013). Estreou na direção com Scialla! (2011), selecionado para o Festival de Veneza. Em 2014, dirigiu Noi 4.

 

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA