• Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi
  • Tutto quello che vuoi

​Alessandro é um problemático rapaz de 22 anos; Giorgio é um esquecido poeta de 85 anos. Eles vivem no bairro do Trastevere, em Roma, a apenas alguns quarteirões um do outro, mas nunca se encontraram. Até que Alessandro aceita um trabalho voluntário como cuidador, e passa a acompanhar o velho senhor em suas caminhadas vespertinas. À medida que os dias passam, voltam à tona memórias difusas do passado do poeta. Seguindo as pistas como em uma caça ao tesouro, Alessandro e Giorgio assumem uma jornada em busca de lembranças esquecidas – e da beleza dentro de seus próprios corações.​

Francesco Bruni

Francesco Bruni

Nasceu em Roma, em 1961. Estreou como roteirista em 1991, com Condominio. Desenvolveu uma longa parceria com o diretor Paolo Virzì, para quem escreveu 11 filmes, incluindo La bella vita (1994), Ferie d'agosto (1996), Caterina va in città (2003), A primeira coisa bela (2010) e Capital humano (2013). Estreou na direção com Scialla! (2011), selecionado para o Festival de Veneza. Em 2014, dirigiu Noi 4.