O segundo dia do Future Zone vai começar com a presença de Gary Sharp, diretor de tecnologia e inovação da RealD 3D, que vai discutir com o público “O Futuro do Cinema e do 3D”. De manhã, também será debatido “O Uso de Câmeras em Filmes de Animação”.

Na palestra do gerente da Dolby Laboratories, Carlos Klachquim, será apresentada a situação do som na digitalização no Brasil, além do novo sistema de som ATMOS. Já as “Novas Oportunidades para o 3D” serão apresentadas por especialistas e produtores brasileiros e estrangeiros.

O seminário “Pós-Produção: Soluções na Edição de Imagens e Som” será apresentado por instrutores com certificados Avid. Eles farão demonstrações de ferramentas tecnológicas que ajudam no trabalho de editores e produtores de áudio, apresentando funcionalidades de softwares usados na indústria televisiva e cinematográfica.

Um dos painéis apresentados de tarde será sobre as tendências das SmarTVs, abordando o conceito de aparelhos híbridos e avaliando o cenário atual do lado do consumidor. Enquanto o dia 8 não chega, iFuture já teve seu início virtual. Seguindo @SetExperience no twitter, e acessando à hashatg #iFuture, os participantes já começam a interagir entre si e a ter contato com material que servirá de base para o seminário.

O sistema Video on Demand (VOD) tem se popularizado e já foi mencionado por diversos palestrantes do RioMarket 2013. A tecnologia será discutida mais detalhadamente na mesa “VOD: O Crescimento do Mercado”.

Se você está querendo saber “Como Fazer seu Filme Render Mais”, não pode perder as oportunidades de negócios que serão apresentadas por Tito Liberato, responsável pela divisão de cinema na distribuidora Elo Company.

Os interessados devem se inscrever aqui: http://www.riomarket.com.br/br/inscricoes/rioseminars/programacao-seminarios




Voltar