Um dos filmes mais polêmicos e comentados do ano é Blackfish – Fúria animal, da diretora Gabriela Cowperthwaite. O longa conta a história de Tilikum, a principal baleia orca do parque temático SeaWorld, em Orlando, Estados Unidos, responsável pela morte de três pessoas. Imagens fortes e entrevistas emocionantes compõem o painel e ajudam a entender o comportamento da espécie, o tratamento cruel no cativeiro, além de recuperar as trajetórias e mortes dos treinadores, pilares de uma indústria multibilionária. O filme convida o espectador a repensar nossa relação com a natureza e explicita o quão pouco os humanos estão dispostos a aprender com esses mamíferos.

Blackfish – Fúria animal deu início a uma série de protestos contra os maus-tratos a animais perpetrados por grandes corporações em troca do lucro. O SeaWorld é um parque cuja única finalidade é entreter a partir da exploração de animais aquáticos. O longa teve sua estreia mundial no Sundance Film Festival deste ano e está confirmado na programação da mostra Meio Ambiente do Festival do Rio. Assisti a seguir ao trailer.



Voltar