Um dos filmes mais polêmicos e comentados do ano é Blackfish – Fúria animal, da diretora Gabriela Cowperthwaite. O longa conta a história de Tilikum, a principal baleia orca do parque temático SeaWorld, em Orlando, Estados Unidos, responsável pela morte de três pessoas. Imagens fortes e entrevistas emocionantes compõem o painel e ajudam a entender o comportamento da espécie, o tratamento cruel no cativeiro, além de recuperar as trajetórias e mortes dos treinadores, pilares de uma indústria multibilionária. O filme convida o espectador a repensar nossa relação com a natureza e explicita o quão pouco os humanos estão dispostos a aprender com esses mamíferos.

Blackfish – Fúria animal deu início a uma série de protestos contra os maus-tratos a animais perpetrados por grandes corporações em troca do lucro. O SeaWorld é um parque cuja única finalidade é entreter a partir da exploração de animais aquáticos. O longa teve sua estreia mundial no Sundance Film Festival deste ano e está confirmado na programação da mostra Meio Ambiente do Festival do Rio. Assisti a seguir ao trailer.



Voltar
SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA