Hoje, no Estação NET Rio, acontece mais uma edição do Fórum de Psicanálise e Cinema com a exibição de "Fala Comigo". A sessão começa às 17h50 e será seguida de um bate-papo com o diretor Felipe Sholl e com os convidados Neilton Dias da Silva e Ana Lúcia Siaines de Castro.

Na trama, Diogo (Tom Karabachian), um adolescente de 17 anos, tem um estranho fetiche: ele sente prazer ao ligar para as pacientes de sua mãe, Clarice (Denise Fraga), que é terapeuta. Um certo dia, ele telefone para Ângela (Karine Teles), uma mulher de 43 anos que acaba de se separar do marido. Os dois iniciam uma complicada relação pelo telefone, repleta de curiosidade e de silêncio.

Apaixonados, eles precisam encontrar uma maneira de permanecerem juntos. Porém, os obstáculos são muitos: a diferença de idade, a mãe de Diogo e, acima de tudo, seu próprio caminho em direção à idade adulta. No Festival do Rio de 2016, "Fala Comigo" recebeu o Troféu Redentor na categoria Melhor Longa-metragem de Ficção.

O Estação NET Rio fica na  Rua Volunários da Pátria, 35 - Botafogo. Telefone (21) 2226-1986.

Participantes:

NEILTON DIAS DA SILVA: Médico, psiquiatra, psicanalista, fez sua formação psicanalítica na Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro (SBPRJ) e qualificou-se como Full Member of the International Psychoanalytical Association (IPA), Londres, em 1979. Aperfeiçoa-se como psicanalista de Criança e de Adolescente em 1980 e, no ano seguinte, torna-se psicanalista didata da SBPRJ. Destacou-se como professor de psicopatologia do Curso de Psicologia da PUC-RJ, de 1961 a 1967. Membro fundador e didata da Associação Psicanalítica Rio 3 (APRIO3), da qual foi presidente de 2002 -2005, e em 2010, quando, sob sua liderança, a Associação se fundiu com a Sociedade Psicanalítica do Rio de Janeiro (SPRJ), fortalecendo ambas as instituições. Com diversos trabalhos publicados em revistas da área, é fundador e diretor do Fórum de Psicanálise e Cinema, em atividade desde 1997, com mais de 100 filmes analisados e debatidos, sempre com enorme afluência de público. Com a Dra. Ana Lúcia, participa do livro lançado em 2013, agora em 2ª edição, no qual constam 20 títulos dentre os mais de cem filmes analisados e debatidos no projeto.

ANA LÚCIA SIAINES DE CASTRO: Museóloga formada pelo Museu Histórico Nacional (atual UNIRIO), mestre e doutora em Ciência da Informação pela UFRJ, começa sua carreira no Museu da Imagem e do Som, tanto como funcionária, como diretora. Participa da catalogação do acervo musical Mozart de Araújo, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), coordena a Galeria de Arte da Casa de Cultura Laura Alvim até 1998, quando se desliga do serviço público estadual. Após a formação acadêmica completa, dedica-se ao magistério, como professora da Universidade Candido Mendes, lecionado Ética e Metodologia da Pesquisa para os cursos de Direito, Administração e Economia, e como docente concursada e adjunta da UNIRIO, onde leciona Documentação Museológica, Teoria Museológica e Comunicação em Museus. Ao obter o prêmio da FAPERJ, publica pela Editora Revan, em 2007, sua tese de doutorado: Memórias clandestinas e sua museificação, e, em 2009, novamente premiada, lança sua dissertação de mestrado: O museu do sagrado ao segredo. Desenvolve pesquisas na área de Museologia e sua relação com a Informação e Comunicação e dedica-se aos projetos de extensão na UNIRIO e à pesquisa de psicanálise, cinema e cultura, coordenando o Fórum de Psicanálise e Cinema, há onze anos. Coautora com Dr. Neilton Dias da Silva do livro, editado pela Letra Capital Editora, com apoio da UNIRIO, com 20 títulos dentre os mais de cem filmes analisados e debatidos no projeto. E coordena o projeto Memória Artística Sérgio Ricardo, sobre a obra do artista, para ampliar a sua conservação e sua difusão, através da formação de um amplo Banco de Dados.



Voltar
Lei de incentivo RioFilme Petrobras BNDES Globo Filmes Oi Guanabara Telecine Canal Brasil Adoro Cinema CIMA Ministério da Cultura