Nesta quinta-feira, 25 de maio, o longa-metragem “Gabriel e a montanha”, do diretor Fellipe Barbosa, recebeu dois prêmios na 56a. Semana de Crítica, em Cannes. O primeiro, atribuído pelo Júri Oficial por sua criatividade e inovação, foi o Prêmio Revelação France 4 (no valor de 4 mil euros). O segundo foi oferecido pela Fundação Gan, de apoio à distribuição, com 20 mil euros para utilização no lançamento do filme na França.

Segundo longa do diretor, que fez sua estreia com “Casa Grande”, vencedor do prêmio do público no Festival do Rio 2014, “Gabriel e a montanha” recria a viagem do economista Gabriel Buchmann à Africa. A história terminou em tragédia quando ele tentou subir o Monte Mulanje, no Malauí.

Coprodução com a França, "Gabriel e a Montanha" contou com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual em sua produção. O longa foi um dos vencedores da primeira edição da Chamada Pública PRODECINE 05, edital do Programa Brasil de Todas as Telas voltado a filmes com linguagem inovadora e relevância artística.




Voltar
Lei de incentivo RioFilme Petrobras BNDES Globo Filmes Oi Guanabara Telecine Canal Brasil Adoro Cinema CIMA Ministério da Cultura