Com o objetivo deapresentar um panorama atual dos rumos do cinema latino-americano a partir da perspectiva do diretor de cinema, o livro conta com artigos do brasileiro Bruno Barreto, que dirigiu Flores raras, e do cineasta argentino Daniel Burman, da comédia romântica A sorte em suas mãos, entre outros nomes latino-americanos.

O livro foi lançado nos Estados Unidos durante o 40º aniversário do Festival de Cinema de Telluride, Colorado. A versão brasileira será lançada no RioMarket e terá a presença de Oliver Kwon, presidente da Américas Film Conservancy  (AFC) www.afcy.org e organizador da obra junto com Steve Solot, presidente do Latin American Training Center(LATC). www.latamtrainingcenter.com

Segundo o site da LATC, o livro refleteas opiniões de alguns dos cineastas mais representativos na América Latina, tornando-seuma referência para estudo e debate entre estudantes, cineastas e público em geral sobre o cinema regional. Com duas edições bilíngües, uma eminglês-espanhol e outra em português-inglês, será possível o acesso de leitores de diversos países.

A publicação traz ainda a participação de nomes como Andrés Wood (Violeta foi para o céu), Carlos Moreno (Perro come perro), Juan Cremata (Viva Cuba), Sebastián Cordero(Ratas, ratones, rateros), Carlos Carrera (O crime do padre Amaro), Claudia Llosa (La teta assustada), Pablo Stoll (Whisky) e Hernán Jabes (Piedra papel o tijera).

As inscrições para o lançamento podem ser feitas aqui: www.riomarket.com.br/br/inscricoes/rioseminars/seminarios/lancamento-do-livro-o-cinema-latinoamericano-hoje-pelo-olhar-do-diretor



Voltar
SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA