Depois de inspirar espetáculo musical e um documentário, ambos com grande sucesso de público, a fabulosa vida de um artista brasileiro ganha retrato ficcional em “Simonal”, de Leonardo Domingues - com sessão hoje, às 19h, no Cine Odeon. Wilson Simonal (1939-2000) foi um dos maiores cantores brasileiros do século XX. No auge, comandou programa de TV, brilhou no IV Festival Internacional da Canção, em 1969, regendo a plateia de 15000 pessoas que lotou o Maracanãzinho, e fez dueto com a diva americana Sarah Vaughan. Um episódio mal contado o associou à ditadura militar, deu início a muita polêmica e prejudicou tremendamente sua carreira vitoriosa. Essa trama ganha a tela com Fabricio Boliveira no papel principal, em grande elenco que conta ainda com Isis Valverde, Leandro Hassum, Mariana Lima e Caco Ciocler. O filme ainda volta a ser exibido no Festival do Rio sábado (10/11), às 13h45, no Kinoplex São Luiz 2, e domingo (11/11), 20h45, no Roxy 1.

Veja o trailer AQUI



Voltar
SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA