Texto: Laura Caldas

Fotos: Christian Rodrigues/R2

A noite da última quarta-feira, 11 de outubro, foi de muita emoção no CCLSR - Cine Odeon Net Claro, onde Gabriel e a Montanha foi exibido para uma plateia lotada. O filme do diretor Felipe Barbosa narra os últimos 70 dias de vida de Gabriel Buchmann, economista carioca de 28 anos que, antes de começar seu começar seu doutorado em uma prestigiada universidade dos Estados Unidos, resolveu passar um ano viajando pelo mundo de forma sustentável. Pouco antes do fim de sua jornada, ele desaparece no Malauí, na África, sendo encontrado morto algumas semanas depois.

Trata-se de um projeto muito especial para Felipe, que conhecia Gabriel desde os tempos de escola. O diretor tentou ao máximo refazer seus últimos passos, respeitando seus trajetos e fazendo contato com as pessoas que cruzaram seu caminho durante aquele período. “A equipe passou 72 dias junto e tentamos filmar nos verdadeiros lugares onde ele esteve. Gabriel sempre fez questão de compartilhar suas experiências, como se quisesse que estivéssemos lá”, contou Felipe.

A sessão foi apresentada por Ilda Santiago, diretora do Festival do Rio, e contou com a presença de toda equipe do filme, incluindo o protagonista João Pedro Zappa e a atriz Caroline Abras, que interpreta Cristina Reis, a namorada de Gabriel. Além da equipe, estava presente a família do economista. “Queria agradecer profundamente ao Felipe, que honrou a história do Gabriel e agora ela corre o mundo, espalhando uma mensagem de vida, de amor, de solidariedade”, emocionou-se Maria de Fátima Buchmann, mãe de Gabriel.

O filme foi exibido pela primeira vez no Festival de Cannes desse ano e arrematou dois prêmios da Semana de Crítica: o Revelação France 4, por sua criatividade, e o da Fundação Gan, com ajuda à distribuição. “Estreamos em Cannes, mas jogar em casa é diferente”, disse o ator joão Pedro Zappa. Felipe concorda: “é muito emocionante mostrar o filme em casa. Na minha casa, na casa do Gabriel”.

O filme ainda tem sessões neste último final de semana de Festival, confira:

Sábado, 14/10 – 21h40 – Reserva Cultural Niterói 4

Domingo, 15/10 – 21h30 – Kinoplex São Luiz 1




Voltar