O Festival do Rio e a Haus der Kulturen der Welt dão continuidade a sua parceria que já dura cinco anos, levando novamente para Berlim destaques de edições recentes da Première Brasil. O evento acontece de 6 a 17 de novembro e tem como filme de abertura e um de seus principais destaques O som ao redor, de Kleber Mendonça Filho, melhor filme da Première Brasil 2012 e o indicado brasileiro a uma vaga no Oscar de melhor filme estrangeiro.

A seleção desse ano está dividida em três temas: “Amazônia”, com os longas Uma história de amor e fúria, de Luiz Bolognesi, Serra Pelada - A lenda da montanha de ouro, de Victor Lopes, Paralelo 10, de Silvio Da-Rin, e A floresta de Jonathas, de Sérgio Andrade; “Política e história”, com O som ao redor, Raça, de Joel Zito Araújo, e O dia que durou 21 anos, de Camilo Tavares; e “As artes”, com Jards, de Eryk Rocha, Crítico, também de Kleber Mendonça Filho, e A coleção invisível, de Bernard Attal. Além desses longas, a mostra conta ainda com uma seleção de curtas-metragens de sucesso, como O que restou do céu, Confete e A dama do Estácio, que leva Fernanda Montenegro de volta à cidade que a premiou em Central do Brasil.

Para saber mais detalhes, consulte o site da Haus der Kulturen der Welt.




Voltar