O Festival do Rio e a Haus der Kulturen der Welt dão continuidade a sua parceria que já dura cinco anos, levando novamente para Berlim destaques de edições recentes da Première Brasil. O evento acontece de 6 a 17 de novembro e tem como filme de abertura e um de seus principais destaques O som ao redor, de Kleber Mendonça Filho, melhor filme da Première Brasil 2012 e o indicado brasileiro a uma vaga no Oscar de melhor filme estrangeiro.

A seleção desse ano está dividida em três temas: “Amazônia”, com os longas Uma história de amor e fúria, de Luiz Bolognesi, Serra Pelada - A lenda da montanha de ouro, de Victor Lopes, Paralelo 10, de Silvio Da-Rin, e A floresta de Jonathas, de Sérgio Andrade; “Política e história”, com O som ao redor, Raça, de Joel Zito Araújo, e O dia que durou 21 anos, de Camilo Tavares; e “As artes”, com Jards, de Eryk Rocha, Crítico, também de Kleber Mendonça Filho, e A coleção invisível, de Bernard Attal. Além desses longas, a mostra conta ainda com uma seleção de curtas-metragens de sucesso, como O que restou do céu, Confete e A dama do Estácio, que leva Fernanda Montenegro de volta à cidade que a premiou em Central do Brasil.

Para saber mais detalhes, consulte o site da Haus der Kulturen der Welt.




Voltar
SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA