O Canal Curta! tem uma história longa de apoio ao Festival do Rio desde o PORTA CURTAS, um site de curtas metragens que, por muitos anos, ofereceu um prêmio especial para os curtas brasileiros premiados na Premiere Brasil.

Ao longo de muitas edições do festival, o Canal Curta! tem estado presente como produtor de documentários que abrilhantaram sessões históricas concorridíssimas e saíram vencedores.

Nesta programação, o Festival do Rio juntamente com o Canal Curta! selecionou documentários brasileiros especiais, que contam uma trajetória de país e trazem muitas reflexões para o momento que vivemos. Personalidades brasileiras que deixaram marcas inesquecíveis em muitos campos de atuação. Você vai poder ver ou rever, em maio, no Canal Curta! uma seleção especial de documentários e, em junho, pode escolher na pasta especial do Festival do Rio do Curta! ON, no Now, uma lista ainda mais extensa e completa de produções documentais.

Programação completa:

Canal Curta!

Em maio de 2021, sempre às 23:59.

Sessão Curta! Festival do Rio

24/05 (segunda) –

Blitz, o filme (2019), de Paulo Fontenelle

25/05 (terça) –

Gilberto Gil Antologias Volume 1 (2019), de Lula Buarque de Holanda

26/05 (quarta) –

Banquete Coutinho (2019), de Josafá Veloso

27/05 (quinta) –

O Paradoxo da Democracia (2019), de Belisário Franca

28/05 (sexta) –

Favela É Moda (2019), de Emilio Domingos

29/05 (sábado) –

Clementina (2018), de Ana Rieper

30/05 (domingo) –

Piripkura (2017), de Bruno Jorge, Mariana Oliva e Renata Terra

Pasta Especial Festival do Rio no Curta! ON (Now)

Junho 2021

  • Favela É Moda, de Emilio Domingos
  • O Paradoxo da Democracia, de Belisario Franca
  • Banquete Coutinho, de Josafá Veloso
  • Movimentos do Invisível, de Flávia Guayer e Leticia Monte
  • Clementina, de Ana Rieper
  • Excelentíssimos, de Douglas Duarte
  • Marcia Haydee, de Daniela Kallmann
  • Zuza Homem de Jazz, de Janaina Dalri 
  • Clara Estrela, de Susanna Lira e Rodrigo Alzuguir
  • Açúcar, de Renata Pinheiro e Sergio Oliveira
  • Piripkura, de Bruno Jorge, Mariana Oliva e Renata Terra
  • Karingana, Licença para Contar, de Monica Monteiro
  • A Batalha do Passinho, de Emilio Domingos
  • Deixa na Régua, de Emilio Domingos
  • Onde a Terra Acaba, de Sergio Machado
  • Condor, de Roberto Mader
  • Quebrando o Tabu, de Fernando Grostein Andrade e Cosmo Feilding-Mellen
  • Mario Lago, de Marco Abujamra e Markão Oliveira
  • Niemeyer – A Vida é um Sopro, de Fabiano Maciel
  • O Desmonte do Monte, de Sinai Sganzerla
  • José e Pillar, de Miguel Gonçalves Mendes
  • O Mês que não terminou, de Raul Mourão e Francisco Bosco
  • Cartola, Música para os olhos, de Lirio Ferreira e Hilton Lacerda
  • Cinema Novo, de Eryk Rocha
  • Critico, de Kleber Mendonça Filho
  • Democracia em Preto e Branco, de Pedro Asbeg
  • Diário de Uma Busca, de Flavia Castro
  • Francisco Brennand, de Mariana Brennand Fortes
  • Glauber, O Filme, Labirinto do Brasil, de Silvio Tendler
  • Kaya N’Gan DAya, de Lula Buarque de Hollanda
  • Paulo Autran, O Senhor dos Palcos, de Marco Abujamra
  • Pierre Fatumbi Verger, de Lula Buarque de Hollanda
  • A Rocha que Voa, de Eryk Rocha
  • Utopia e Barbárie, de Silvio Tendler
  • Vocacional, Uma Aventura Humana, de Toni Venturi
  • Sobral, de Paula Fiuza
  • O Mistério do Samba, de Lula Buarque de Hollanda e Carolina Jabor