• À peine j'ouvre les yeux
  • À peine j'ouvre les yeux
  • À peine j'ouvre les yeux
  • À peine j'ouvre les yeux
  • À peine j'ouvre les yeux

​Túnis, verão de 2010, poucos meses antes da revolução. Farah tem 18 anos e está recém-formada, mas sua família já a vê como uma futura médica. Ela, no entanto, não pensa da mesma forma e tem como atividade preferida cantar em uma banda de rock engajada, com músicas que abordam temas políticos. Seu único plano no momento é aproveitar a vida intensamente, beber, descobrir amores e sua própria cidade durante a noite. Tudo isso contra a vontade de sua mãe Hayet, uma mulher que conhece muito bem a Tunísia e os seus perigos. Melhor filme no Venice Days, Festival de Veneza 2015.​

Leyla Bouzid

Leyla Bouzid

​1984, Túnis, Tunísia. Cresceu na Tunísia e mudou-se para Paris, onde estudou literatura na Sorbonne e cinema na La Fémis. Filmografia: Tendid... (cm, 2010), Un ange passe (cm, 2010), Mkhobbi fi Kobba (cm, Festival de Clermont-Ferrand 2012), Gamine (cm, 2013) e Zakaria (cm, 2013). Este é seu primeiro longa-metragem. ​