• Antígona 442 A.C.
  • Antígona 442 A.C.
  • Antígona 442 A.C.
  • Antígona 442 A.C.

​Na Grécia antiga, uma jovem princesa enfrenta a ordem do rei, que determina que um de seus irmãos que lutou na guerra fique sem sepultura. Antígona enterra o irmão e, por isso, paga com a própria vida. O ato de Antígona é sagrado, obedece à lei humana de cuidar dos nossos mortos. O ato de Creonte, o rei, é um ato político, uma punição. Quem está com a razão? Inspirado na peça teatral de Sófocles.​

Maurício Farias

Maurício Farias

​Maurício Farias dirigiu diversos filmes premiados, além de novelas, minisséries e seriados. Estreou sua longa carreira como diretor com o curta-metragem A espera (1986). Seu primeiro longa-metragem foi O coronel e o lobisomem (2005). Seguidos de A grande família – o filme (2007), Verônica (2009), Vai que dá certo (2013) e Vai que dá certo 2 (2015), Hebe, a estrela do Brasil (2019), e Antígona 442 a.C., inspirado no espetáculo teatral de sucesso.​