• Barbara
  • Barbara
  • Barbara
  • Barbara
  • Barbara

​A atriz Brigitte vai interpretar a cantora Barbara em uma cinebiografia que começará a ser filmada em breve. Ela desenvolve seu personagem, estuda sua voz, as músicas, os acordes, imita seus gestos, aprende a fazer crochê e decora suas falas. O trabalho avança, cresce e a invade. Yves, o diretor, também está trabalhando, através de encontros, imagens de arquivo e músicas. Ele parece habitado e, ao mesmo tempo, inspirado por ela. Mas ela quem? Pela atriz ou por Barbara? Do diretor e ator Mathieu Amalric (Turnê). Filme de abertura da mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes 2017.​

Mathieu Amalric

Mathieu Amalric

Nasceu em 1965, na França. É ator e diretor. Recebeu o César de melhor ator coadjuvante em 1997 por Como eu briguei (por minha vida sexual), de Arnaud Desplechin, e depois duas vezes o de melhor ator: em 2005, por Reis e rainha, também de Desplechin, e em 2008 por O escafandro e a borboleta, de Julian Schnabel. É diretor de filmes como Le stade de Wimbledon (Locarno 2001) e Turnê, que lhe rendeu o prêmio de melhor diretor em Cannes 2010.