• Barbara
  • Barbara
  • Barbara
  • Barbara
  • Barbara

​A atriz Brigitte vai interpretar a cantora Barbara em uma cinebiografia que começará a ser filmada em breve. Ela desenvolve seu personagem, estuda sua voz, as músicas, os acordes, imita seus gestos, aprende a fazer crochê e decora suas falas. O trabalho avança, cresce e a invade. Yves, o diretor, também está trabalhando, através de encontros, imagens de arquivo e músicas. Ele parece habitado e, ao mesmo tempo, inspirado por ela. Mas ela quem? Pela atriz ou por Barbara? Do diretor e ator Mathieu Amalric (Turnê). Filme de abertura da mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes 2017.​

Mathieu Amalric

Mathieu Amalric

Nasceu em 1965, na França. É ator e diretor. Recebeu o César de melhor ator coadjuvante em 1997 por Como eu briguei (por minha vida sexual), de Arnaud Desplechin, e depois duas vezes o de melhor ator: em 2005, por Reis e rainha, também de Desplechin, e em 2008 por O escafandro e a borboleta, de Julian Schnabel. É diretor de filmes como Le stade de Wimbledon (Locarno 2001) e Turnê, que lhe rendeu o prêmio de melhor diretor em Cannes 2010.

 

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA