• La vita in comune
  • La vita in comune

​Em Disperata, uma pequena cidade no sul da Itália, o melancólico Filippo Pisanelli se sente terrivelmente incompetente em seu papel de prefeito. Somente seu amor pela poesia e sua paixão pelas leituras que faz aos detentos da região dão algum alívio a seu estado de depressão. Na prisão, ele conhece Pati, um ladrão de galinha também nascido em Disparata. O ladrãozinho e seu irmão sonhavam em se tornar os chefes da máfia de Capo di Leuca, mas o encontro com a literatura muda tudo, e uma amizade incomum surge entre os três, potencializando escolhas corajosas. Festival de Veneza 2017.​

Edoardo Winspeare

Nasceu em 1965 em Klagenfurt, na Áustria. Em 1996 recebeu o prêmio de melhor novo diretor no Festival de San Sebastian, por Pizzicata. Voltou ao festival em 2000 com Sangue vivo. Por Il miracolo (2003), recebeu o Prêmio da Cidade de Roma no Festival de Veneza. Dirigiu ainda Galantuomini (2008), La festa che prende fuoco (2009), Sotto il Celio Azzurro (2009), L'anima attesa (2013) e In grazia di Dio (2014), exibido no Festival de Berlim.

 

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA