• Rogéria, Senhor Astolfo Barroso Pinto
  • Rogéria, Senhor Astolfo Barroso Pinto
  • Rogéria, Senhor Astolfo Barroso Pinto

​Criador e criatura. Rogéria nasceu Astolfo. Começou a carreira como maquiador de grandes estrelas, que o estimularam a cantar e interpretar, sempre como uma figura feminina. O nome Rogéria veio pelo “público”. Assim que “surgiu”, Rogéria tomou as rédeas da situação e escondeu Astolfo da sociedade. Agora, Rogéria quer dar voz a Astolfo. Para tanto, este docudrama aborda as histórias de Rogéria e de Astolfo, que se conjugam em uma só, mas que têm relações ímpares e complexas entre si.​

PEDRO GUI

PEDRO GUI

​Mineiro de 32 anos, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde se formou como ator e fundou a RodaFilmes. Desde então dirigiu diversos curtas, dentre eles Verás no céu todo o seu passado (2016), Grafitos (2015), Lira dos 13 (2014) e Flor de lotus (2013), além de comerciais. Este é seu primeiro longa.​

 




SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA