Da diretora Leandra Leal, "Divinas Divas" estréia nos cinemas em 38 anos. Destaque da Première Brasil, do Festival do Rio 2016, o longa recebeu o Troféu Redentor de Melhor Documentário por Voto Popular e o Prêmio Felix (dedicado aos filmes com temática LGBT). 

Rogéria, Valéria, Jane di Castro, Camille K., Fujica de Holliday, Eloína, Marquesa e Brigitte de Búzios são ícones da primeira geração de artistas travestis no Brasil dos anos 1960. Um dos primeiros palcos a abrigar homens vestidos de mulher foi o Teatro Rival, dirigido por Américo Leal, avô da diretora. 

O documentário traz para a cena a intimidade, o talento e as histórias de nomes que revolucionaram o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época, em que a Cinelândia estava no seu auge, repleta de cinemas e teatros.



Voltar
Lei de incentivo RioFilme Petrobras BNDES Globo Filmes Oi Guanabara Telecine Canal Brasil Adoro Cinema CIMA Ministério da Cultura