Em mais um ano de parceria da Mostra Geração - o segmento infanto juvenil do Festival do Rio - com a TV Escola e o Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), teremos uma programação especial nesta quinta-feira, (08/11). Será realizada uma mesa redonda sobre a produção audiovisual para crianças junto com a exibição de um filme inédito: "1817 - A REVOLUÇÃO  ESQUECIDA", de Tizuka Yamasaki e Ricardo Favilla. O evento começa às 14h30 no CCJF - Centro Cultural da Justiça Federal. A entrada é gratuita.

O atual mercado audiovisual é formado por uma série de mídias e meios de reprodução. Na última década, o setor apresentou no Brasil um crescimento superior à média das demais áreas produtivas do país, tanto na produção de conteúdo nacional quanto no consumo. Da TV ao VoD, passando pelos canais do YouTube, a produção audiovisual para crianças e jovens disputa atenção, consumidores e espaços. A mesa "Entre diferentes telas e formas de consumo, a produção audiovisual para crianças e jovens" será composta por  Andrés Lieban, Christian Monassa e Regina de Assis.

Em seguida, às 18h30, será exibido o filme ˜1817 - A Revolução Esquecida", de Tizuka Yamasaki e Ricardo Favilla. O documentário, protagonizado por Klara Castanho e Bruno Ferrari, vai contar a história da paixão de Domingos José Martins e Maria Teodora da Costa que eram apaixonadíssimos, mas havia uma grande barreira entre eles. 

Mesmo sendo branco, educado, de “boa família” e bem sucedido financeiramente, o rapaz nascera no Brasil. Já o pai da moça, o comerciante, capitalista e traficante de escravos Bento da Costa, um dos três homens mais ricos de Pernambuco, era português. E preferia entregá-la a um humilde caixeiro de loja, mas europeu de nascimento, do que a um filho da terra, por mais meritório que fosse. Para os lusos, como ele, os brasileiros eram gente de segunda categoria. Esta é a extraordinária história do movimento político que deu ao Brasil liberdade e democracia pela primeira vez.

 O CCJF - Centro Cultural da Justiça Federal fica na Av. Rio Branco, 241 - Cinelândia. 

Sobre os palestrantes:

- Andrés Lieban
Sócio-fundador da 2DLab. É formado em artes plásticas, trabalha com animação há mais de 20 anos, na produção de peças publicitárias, séries internacionais e curtas-metragens. Criador e diretor das séries Meu AmigãoZão e Quarto Do Jobi, também dirigiu as animações do DVD Toquinho no Mundo da Criança. Suas produções já receberam prêmios e reconhecimento em eventos como Anima Mundi, Festival de Chicago, Divercine e Prix Jeunesse. Foi presidente da Associação Brasileira de Cinema de Animação. É diretor do Cria e consultor de projetos.

- Christian Monassa
Ator e cineasta. Estrelou como ator aos 15 anos, ao participar de sua primeira telenovela na Rede Globo. Também fez parte do elenco da novela Malhação. É formado em Direção Cinematográfica pela Academia Internacional de Cinema. Já dirigiu diferentes trabalhos audiovisuais, dentre eles o programa “Curta Mostra Geração”, uma parceria do Festival do Rio com a TV Escola, a campanha de dia das mães da Ralph Lauren Lead Like a Woman, bem como a campanha de Giorgio Armani Si Passione.

- Regina de Assis
Educadora e produtora de mídias para crianças e adolescentes. Possui doutorado em Educação pela Teachers College University. Diretora da Diretoria de Educação, Comunicação e Cultura da Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto – TV ESCOLA. Foi secretária da Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino (SASE – 2016-2017) do Ministério da Educação. Esteve à frente da secretaria municipal de Educação do Rio de Janeiro (1993-1996). A professora também já foi membro do Conselho Nacional de Educação (1996-2000) e fundadora/presidente da MultiRio, empresa municipal de multimeios da Prefeitura do Rio de Janeiro (2001-2008).




Voltar
SESC GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA CULTURA ANCINE FSA BRDE CIMA CANAL BRASIL CANAL CURTA ADORO CINEMA IEH TELECINE GLOBO FILMES FIRJAN CAIXA SEGURADORA PETROBRAS LEI DE INCENTIVO A CULTURA